Curiosidade: Você pode quebrar paradigmas?

Referências, modelos, padrões.

Recebemos informações a todo momento desde os primeiros minutos de nossas vidas. Informações sensoriais, afetivas, sociais, intelectuais, físicas e assim por diante. Uma infinidade de informações recebidas de diversas formas e intensidades. Passamos boa parte das nossas vidas nos esforçando para assimilar e compreender o que está acontecendo conosco e com o ambiente em que vivemos. A nossa vivência profissional não é muito diferente disso.

Proponho conversarmos um pouco sobre a criatividade e processos de criação. Vamos iniciar com a seguinte frase do escritor francês Marcel Proust: “A verdadeira mágica da descoberta não está em buscar novas paisagens, mas em ver com novos olhos”

Algumas empresas ainda trabalham permitindo a cada um fazendo somente uma parte do todo o que estabelece uma atuação limitada dentro das organizações. Se você sente falta de entender mais sobre o todo isso não é ruim. Se te faz falta entender o todo, você pode quebrar paradigmas.

O mundo moderno exige pessoas em sua plenitude e que manifestem seu processo criativo. Me refiro desde as formas de produção, até como as pessoas se conectam com a economia e relacionamentos.

O que estamos discutindo é que a criatividade deriva de uma atitude básica da pessoa. Ela não é necessariamente um momento, um insight ou momentos de inspiração.

A criatividade tem a ver com recuperar todo o estado do seu Ser e colocar-se em uma atitude de se permitir reencontrar e experimentar um processo de busca de inspirações.

A quebra dos já conhecidos modelos, padrões, paradigmas, referências, etc., será o resultado de um processo movido pelo trabalho de avançar e recuar nas opções e decisões onde a própria criatividade irá sendo revelada ao longo do caminho.

Lidar com os insucessos, fracassos, rejeição, repressão de potenciais, críticas, é lidar com a tensão psíquica constante natural da vida humana. O que caracteriza a pessoa criativa é a forma de agir frente ao desenvolvimento e demonstração de sua criatividade e como encara a manifestação dos sistemas repressores (desde a profundidade de sensibilização da própria reações pelas manifestações exteriores até a manifestação dos críticos mais ferrenhos que se encontram no caminho).

Agora vamos conversar um pouco sobre um contraponto importante no mundo corporativo. Vamos pensar nas semelhanças necessárias e estruturais para que processos sejam eficientes e tragam os resultados necessários para o andamento dos negócios.

Em textos anteriores mencionei ferramentas de gestão. Onde vocês podem se organizar, conferir, repensar, refazer e manter um processo produtivo a ponto de entregar os resultados esperados.

Vejam o paradoxo. Essas ferramentas servem para que, de certa forma, tudo seja controlado e temos a nítida impressão de que nada pode sair do modelo de cada uma. O paradoxo é que as próprias corporações pedem e valorizam por “ser diferente”. Em outras palavras podemos dizer: por pessoas que apresentem uma forma criativa de identificar soluções, com capacidade de fazer conexões, que saibam analisar situações sob diferentes perspectivas, entre outras características que apontam no sentido da criatividade, no sentido mais amplo da palavra.

As empresas oferecem pilares de orientação assim como qualquer outro grupo social (inclusive desde a família de origem). Nesses pilares encontramos valores, atitudes, conceitos, pré-conceitos, que nos dá sustentação e ao mesmo tempo muitas vezes nos torna míopes para uma gama de possibilidades.

Respondendo nossa pergunta inicial.

Sim, você pode. Você pode quebrar paradigmas. Sabendo que deverá continuar navegando.

Navegando entre os modelos e uma atitude criativa. Entre fazer parte de grupos, instituições ou empresas que prezam pela semelhança entre seus membros e ao mesmo tempo valorizam a apresentação de diferenças que tragam resultados.

É poder escolher sendo diferente, mas ao mesmo tempo fazendo prevalecer os aspectos de ligação. Como fazer isso? Busque conhecer-se mais. Busque ter claro quais são os valores importantes para você.